11/07/2015

0
365

                                                                   J O R N A L  D E  T A I A Ç U P E B A

                                                                  _­­­­­_____________________________

                                                                                   

                                                                                                                                                          Heródoto Barbeiro

 

                                              

                                                                                                              DOM PEDRO FAZ PALESTRA

                                                                                                              _____________________ 

 

                                                                                                              O bispo Dom Pedro Luiz faz palestra neste sábado (11) as nove horas na Câmara Municipal de Mogi das Cruzes. Ele vai falar sobre a encíclica do Papa Francisco. O tema é o meio ambiente. Dom Pedro é um religioso com fortes ligações com a defesa do meio ambiente, lidera a Pastoral da Ecologia que já se reuniu várias vezes na Sociedade Ambiental de Taiaçupeba.

 

                                                                                                              HOJE TEM FESTA JULINA

                                                                                                              ___________________

 

                                                                                                              Neste sábado (11) o Maternal Consciente promove uma festa, as 14h, no Centro Integrado de Sustentabilidade Um Fio de Esperança, a sede da SAT. Confecção de lanternas, contação de histórias, e fogueira. Venha e traga a sua família, não esqueça de um quitute junino. Mais informações no 47244248.

 

                                                                                                              MÉDICOS E VOLUNTÁRIOS

                                                                                                              _____________________

 

                                                                                                              Os médicos Ester e David Wilson, com o apoio do diretor da SAT, Miguel Schiavi, completaram mais uma rodada de avaliação física para o esporte. Durante toda a manhã do último sábado os voluntários juntaram crianças e jovens no novo espaço criado pela SAT. A repercussão foi das melhores entre os alunos dos projetos, suas famílias e a comunidade de uma forma geral. Se você quiser se juntar a qualquer tipo de trabalho voluntário, venha a reunião todo sábado pela manhã, ou no 47244248.

 

                                                                                                             

 

                                                                                                              TAIAFEST AGOSTINA

                                                                                                               ________________

                                                                                          

                                                                                                                                                    Dia 8 de agosto a partir das 16hs. Grande festa promovida pelos voluntários da SAT. Show e demonstração dos projetos sociais. Já confirmada a participação da banda do Junior Artung, que vem de São Paulo especialmente para a festa. Avise seus amigos e ponha na agenda. Voluntários, com apoio do Parque das Neblinas vão montar barracas de comidas típicas. Zé Ferro vai comandara barraca do Cambuci.

 

                                                                                                               NOVOS MANANCIAIS

                                                                                                               __________________

 

                                                                                                               Professores da USP afirmam que as soluções para a crônica escassez hídrica na região são mais simples e estão mais próximas do que os novos mananciais explorados pela Sabesp. As propostas vão da implementação ou ampliação de soluções já conhecidas, como água de reúso para consumo humano, abertura de poços artesianos pelo setor privado e estímulo ao uso racional da água, até a criação de um engenhoso sistema reversível de água na Usina Henry Borden, em Cubatão, para equacionar um antigo impasse em torno do uso da Represa Billings para abastecimento e geração de energia.

 

                                                                                                                 COLETA DE ESGOTO

                                                                                                                  _______________

 

                                                                                           O corte de investimentos em coleta e tratamento de esgoto afetou obras da Sabesp no litoral norte de São Paulo e tornou praticamente inviável atingir as metas da estatal para a região em 2016. Além de afetar a qualidade de vida de moradores, a falta de rede de esgoto é prejudicial ao turismo -já que os resíduos são jogados no mar.

 

                                                                                                                   LIBERAÇÃO DE AGRO TÓXICO

                                                                                                                    _______________________

                                 

 

                                                                                           Contrariando a lei, a Anvisa  aprovou a liberação de um agrotóxico mais nocivo à saúde do que outros já existentes no mercado com o mesmo princípio ativo e para o mesmo fim. Para que um defensivo agrícola possa ser comercializado, é necessário aprovação do Ibama, da Anvisa e do Ministério da Agricultura, que avalia a eficácia agronômica e, por fim, emite o registro.

 

                                                                                                                    EMPRESAS AVALIADAS

                                                                                                                    ___________________

 

                                                                                            Quase 95% de 230 líderes empresariais ouvidos pela FNQ (Fundação Nacional da Qualidade) afirmaram que as companhias brasileiras não incentivam ou investem na sustentabilidade de forma coletiva. Para 42% dos entrevistados, as organizações precisam alocar recursos em inovação para atender necessidades e não apenas o lucro.

 

                                                                                                                                                          FONTES RENOVÁVEIS

                                                                                                                    _________________

                                   

                                                                                             Manter em patamar elevado a percentagem das fontes renováveis na matriz energética é um compromisso respeitável, considerando-se que nos próximos anos o Brasil terá também crescimento considerável na produção de petróleo e gás natural, combustíveis fósseis. A dificuldade para se construir hidrelétricas com reservatórios de acumulação torna o sistema mais dependente do regime de chuvas e isso obrigará o país a expandir seu parque termelétrico, que, ao menos parte, necessariamente queimará combustíveis fósseis.

 

                                                                                                                                                            DESASTRE AMBIENTAL

                                                                                                                      __________________

 

 

                                                                                              Ainda durante sua construção, em 1986, a usina hidrelétrica de Balbina já era considerada um grande desastre ambiental. Um estudo publicado na revista “PLOS One” corrobora a opinião dos cientistas. De acordo com pesquisadores da Universidade de East Anglia, o alagamento de uma área de 3.129 km², que resultou na criação de 3.546 ilhas, isolou espécies, prejudicou a migração e reprodução de peixes, aumentou os índices de extinção de animais, fragilizou as florestas e aumentou a emissão de gases de efeito estufa.

Compartilhar
Artigo anterior12/06/2015
Próximo artigo18/07/2015