FORD HORIZONTE APOIA FESTA

0
366

J O R N A L  D E  T A I A Ç U P E B A

_____________________________

 

Heródoto Barbeiro

 

 

 

                                                                                            FORD HORIZONTE APOIA FESTA

                                                                                            ________________________ 

                                                                                          

                                                                                           A Horizonte Caminhões, revendedora Ford, completa 30 anos, o que por si só é um reconhecimento do mercado aos bons serviços que presta. A empresa, através do gerente, Helder Guimarães, comemora a data apoiando a festa Agostina . Um caminhão Ford vai ficar em exposição durante todo o evento.

 

                                                                                           ESPAÇO CRIANÇA

                                                                                           ______________ 

 

                                                                                           O voluntário Marco Innocentes, o popular Batata, vai inovar. Vai instalar o Espaço Criança no Salão Manacá, com jogos e bringuedos para as crianças que vierem para a festa. Tudo a partir das 16 hs, dia 8 de agosto.

 

                                                                                           ESPAÇO PARQUE DAS NEBLINAS

                                                                                           __________________________ 

 

                                                                                           O parque das Neblinas vai apresentar um stand que mostra o trabalho de conservação na Mata Atlântica. Segundo o diretor, Paulo Grock, é mais uma oportunidade de aproximação com a comunidade. O parque tem sido um parceiro firme nas iniciativas sociais e de defesa do meio ambiente da SAT.

 

                                                                                           ZÉ FERRO O REI DO CAMBUCI

                                                                                           ________________________

 

                                                                                           O maior conhecedor do Cambuci na região, Paulo Pinheiro, o Zé Ferro vai montar uma barraca para degustação das delícias da fruta. Ele também vai ficar a disposição para que quiser conhecer melhor essa árvore  nativa, e dar informações aos interessados.

 

 

                                                                                         APENAS EM OUTUBRO

                                                                                         __________________ 

      

                                                                       Sem chuvas significativas há pelo menos duas semanas, os reservatórios da Grande São Paulo acentuaram o ritmo de queda. Em uma semana, entre os primeiros 15 dias  de julho, as represas perderam juntas um total de 14 bilhões de litros de água. Esse fenômeno deve se intensificar até a próxima temporada chuvosa, que deve começar apenas em outubro.

 

                                                                        MÃE NATUREZA

                                                                        ______________

 

                                                                        Fica pacífico que a perenidade de rios em tempos de seca se dá por retroalimentação a partir de aquíferos subterrâneos, conservação das áreas de preservação permanente e redistribuição de corredores ecológicos e unidades de conservação que contribuem para reduzir a resistência da massa seca predominante na estação seca. Serviços ecossistêmicos antes pouco perceptíveis começam a ser revelados. Percebe-se que a mãe natureza está cobrando seu preço pelo fornecimento até então inesgotável do principal insumo produtivo, a água.

 

                                                                        NORMAL OU CRÍTICO

                                                                        ___________________

 

                                                                       A Agência Nacional de Águas quer renovar por dez anos a concessão do sistema Cantareira à Sabesp, mas o Palácio dos Bandeirantes defende uma outorga por 30 anos. O governo federal propõe quatro níveis de vazão da água: “normal”, “atenção”, “alerta” e “crítico”, que serviriam como referência para medidas de redução de consumo e racionamento. São Paulo, porém, apresentou apenas os estágios “normal” e “crítico.

 

                                                                        AREAS IRREGULARES

                                                                        ____________________

 

                                                                       A Sabesp afirmou ontem, em nota, que “o eventual repasse para os consumidores dos custos das prefeituras municipais, não apenas a de São Paulo, na execução de atividades essenciais para o saneamento, urbanização de áreas irregulares, por exemplo, será oportunamente discutido com a Arsesp.

 

                                                                      MAIS ÁRVORES, MAIS ÁGUA

                                                                      _________________________

 

                                                                      Um alerta geral dos cientistas sobre o futuro da água no País – divulgado  pela SBPC – define uma tarefa urgentíssima: plantar mais árvores e preservar as margens de rios. “A falta de água já é uma questão de segurança pública”, resumiu para a coluna o coordenador do estudo, Paulo Nobre, do Inpe. As conclusões levadas à SBPC apontam uma queda no volume de água disponível, no último ano, de 6% (por metro cúbico) no Norte, 4% no Nordeste, 3,5% no Sudeste e equilíbrio no Sul.

 

                                                                      RECORDE DE TEMPERATURA

                                                                      __________________________

 

 

                                                                      O mês passado foi o junho mais quente dos registros históricos. O dado, divulgado pela Nasa na semana passada, aponta que a temperatura média global no mês foi 0,8oC maior que a média histórica do período, o que sugere que 2015 pode quebrar o recorde de temperatura. Por enquanto, 2014 ocupa a posição de vice campeão.