JORNAL DE TAIAÇUPEBA 02/05/2015

0
413

J O R N A L   D E  T A I A Ç U P E B A

________________________________

Heródoto Barbeiro

 

 

 

ESCOLAS SUSTENTÁVEIS

______________________

 

Professores do distrito de Taiaçupeba já podem usar o livreto Heróis do Clima para trabalhos escolares. O texto pode ser baixado do site www.planetasustentável.com.br. É uma boa opção para aulas de redação, ecologia e defesa do meio ambiente, e tem tudo a ver com a região do manancial do Alto Tietê.

 

SAT PROMOVE PALESTRA

______________________

 

O psiquiatra David Wilson vai dar uma palestra sobre o consumo de drogas e o impacto social e na saúde dos usuários. Pais, educadores, líderes religiosos vão se reunir no Salão Manacá da Serra, no Centro Integrado de Sustentabilidade Um Fio de Esperança, a sede da SAT. A entrada é franca e todos são bem vindos para um café da manhã. O evento vai ser aberto pelo Aparecido do Ó, presidente da SAT.

 

GERAÇÃO DE RENDA

___________________

 

Há uma renovação constante de cursos para capacitação em várias especialidades na oficina do Renato. Ele pode ser contado no 47244248. O sítio Harmonia indica um curso que está disponível na web  e pode ser consultado gratuitamente no site https://www2.cead.ufv.br/espacoProdutor/scripts/verCurso.php.

 

                                                                               Metodologia Waldorf

                                                                               _________________

 

                                                                               Um grupo de educadores seguidores da filosofia de Rudolf Steiner avalia a possibilidade de implantar uma escolinha no antigo prédio da creche da SAT. Houve uma reunião da diretoria com o grupo e decidiu-se por fazer uma avaliação  da viabilidade do projeto. Os educadores estão apaixonados pela área e creem que o projeto vai avançar. Em breve mais novidades.

 

                                                                               NOVA PROGRAMAÇÃO

                                                                               ___________________

 

                                                                               A FM comunitária 87,5 Caramelo Taia vai mudar sua programação. Programas com músicos e bandas locais, aulas de inglês, momentos de meditação e reflexão, aulas de capoeira e muito mais. Em breve dos novos estúdios instalados na parceria SAT-SABESP.

 

                                                                               TRÉGUA NO ABASTECIMENTO

                                                                                _______________________

 

                                                                               Seria conveniente que o governo aproveitasse essa trégua para tomar as providências que se impõem. A primeira é cumprir rigorosamente o programa de obras emergenciais, destinadas ao mesmo tempo a aumentar a oferta de água e a aproveitá-la da melhor maneira possível. Um exemplo é o projeto da Sabesp para ampliar em 36% a captação de água prevista no futuro Sistema São Lourenço, que há um ano está em construção no Vale do Ribeira.

 

                                                                RANKING DO ESGOTO

                                                                ____________________

 

                                                               No ritmo atual, o Brasil demoraria 129 anos para cumprir metas federais de universalização do saneamento básico. Essa lentidão é a principal conclusão do Ranking do Saneamento Básico, do Instituto TrataBrasil. Ele avaliou o serviço nas cem maiores cidades do país. Com só 39% da população com esgoto tratado, 0,3 ponto percentual acima do ranking de 2014, o país está longe de atingir as metas do Plano Nacional de Saneamento Básico, que prevê a universalização do serviço até 2033.

 

                                                                BILLINGS-TAIAÇUPEBA

                                                                _____________________ 

 

                                             Apontada como a principal obra para evitar o rodízio de água na Grande São Paulo neste ano, a interligação da Billings, no Sistema Rio Grande, com a Represa Taiaçupeba, no Alto Tietê, ainda não saiu do papel e já acumula três meses de atraso. Em janeiro, o governo prometeu iniciar a obra no mês seguinte e entregá-la em maio deste ano. Agora, a Sabesp já prevê conclui-la apenas em agosto. A obra foi orçada em R$ 130 milhões.

 

                                                                CAUSA DAS PERDAS

                                                                 __________________

                                                                O envelhecimento dos canos é a principal causa de perdas de água nas tubulações da Sabesp. Na Grande SP, o desperdício com isso chega a 19,4% da água tratada. Segundo a Sabesp, é impossível determinar com exatidão os pontos mais antigos das tubulações na capital. Sabe-se, no entanto, que a grande maioria das tubulações antigas está localizada na região central. Cerca de 20% dos canos da cidade têm mais de 40 anos, e a rede tem, em média, 33 anos.

 

                                                                 O OUTRO LADO

                                                                  _____________

 

                                                                  Talvez a maior façanha de Tóquio seja o índice de apenas 2% de perda de água por problemas na tubulação. Na região metropolitana de São Paulo, o desperdício é de cerca de 19%, índice que Tóquio registrava na época da Olimpíada de 1964. A diferença pode ser ainda mais alta caso se levem em conta os furtos na região metropolitana -problema inexistente no Japão,não há o gato nihon.

 

 

 

                                                                A LEI DA ÁGUA

                                                                _____________

 

                                                               O filme documentário “A Lei da Água”, de André D’Elia, oferece farto material sobre como a crise hídrica no Sudeste deve ser agravada pelas consequências do novo Código Florestal, aprovado em 2012. O filme mostra que medidas do código, como a redução das áreas de preservação em nascentes de rios e em suas matas ciliares, promovem a estiagem e a falta d´água.

 

Compartilhar
Artigo anteriorJORNAL DE TAIAÇUPEBA
Próximo artigoDEBATE DROGAS X SAÚDE